quarta-feira, 31 de outubro de 2012

10 perguntas comuns em uma entrevista de emprego

Você se candidatou para aquela tão sonhada vaga e é chegado o momento da entrevista. Como evitar um deslize justamente nessa etapa, considerada decisiva no processo de seleção? Ainda que seja consenso entre os especialistas de RH de que não há respostas prontas para as perguntas feitas durante uma entrevista de emprego, é perfeitamente possível se preparar com antecedência para algumas delas e, assim, controlar melhor a ansiedade e o nervosismo na hora H. Na opinião de Sandra Paulo, diretora da consultoria em Recursos Humanos CulturaRH, o primeiro passo é conhecer, antecipadamente, um pouco mais sobre a contratante. “Alguns entrevistadores vão perguntar logo no início da conversa: O que você sabe sobre nossa empresa? O candidato deve, portanto, saber a posição da companhia no mercado em que ela atua e estar por dentro das últimas notícias.” Mas nada de vir com frases feitas, como se tivessem sido tiradas de um manual de boas respostas. “O entrevistador experiente percebe isso rapidamente, o que é muito ruim para o candidato.” Apesar de a quantidade e o tipo de perguntas dependerem muito de quem está recrutando e também do perfil da vaga, normalmente os profissionais de RH formulam questões que têm como foco as competências e realizações do candidato, procurando descobrir quais são seus pontos fortes e quais aspectos ele ainda precisa desenvolver. Durante a entrevista, os recrutadores também aplicam muito de sua habilidade de observação para analisar a postura, os gestos e a maneira de se expressar do candidato, para ver se ele está em linha com todos os requisitos da vaga, da empresa e do gestor. “É importantíssimo observar se o candidato, embora com todas as competências técnicas para assumir a posição, vai se adequar à cultura da empresa e do gestor da área”, explica Sandra. Já o requisitante da vaga, como normalmente está mais preocupado em identificar se o candidato sabe fazer o trabalho, tende a fazer perguntas mais relacionadas às responsabilidades e competências técnicas. “Alguns são mais descontraídos e deixam o candidato mais à vontade, enquanto outros são mais diretos e querem saber, nos primeiros cinco minutos de conversa, se o candidato atende às suas necessidades para, então, dedicar mais tempo a ele”, diz Sandra. De qualquer forma, a recomendação é sempre para que o candidato procure ser o mais objetivo possível. “Muitas pessoas floreiam demais nas respostas e acabam perdendo o foco.” Confira abaixo 10 perguntas comuns em uma entrevista: 1 - Fale-me um pouco sobre sua última atuação profissional. 2 - Por que você quer deixar sua empresa atual (ou Por que você saiu do último emprego?) 3 - Quais sãs seus planos de carreira? 4 - Quais as características que você considera fundamental para seu superior hierárquico? 5 - Cite uma situação difícil que você enfrentou no seu ambiente de trabalho e como resolveu. 6 - Cite uma ocasião em que você apresentou uma nova ideia e como ela foi recebida por todos. 7 - Quais são seus objetivos na nossa empresa? 8 - Quais são seus pontos fortes? 9 - Quais pontos você ainda precisa desenvolver melhor? 10 - Por que deveríamos contratar você para essa posição? Seja qual for sua resposta – para essas ou qualquer outra questão, por mais embaraçosa que ela possa ser –, lembre-se de que a melhor fórmula para se dar bem em uma entrevista é ser sincero. “Mentir para conseguir aquela vaga desejada está longe de ser a solução”, defende Sandra. Para ela, o melhor cenário é ser honesto, consigo mesmo e com a empresa e, assim, conseguir a posição para a qual o profissional está realmente preparado para assumir ou se adaptar. “Existem profissionais adequados para certas empresas e existem empresas adequadas para certos profissionais.” VEJA SITE:http://msn.clickcarreira.com.br/queroumavaga/2012/11/5/4871/10-perguntas-comuns-em-uma-entrevista-de-emprego.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque seu nome e matrículaentre parênteses ao final de cada postagem ou comentário.